"Se exponho a você minha nudez como pessoa, não me faça sentir vergonha!"

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Vó Luzia

Tão pequenininha. Tão grande!
Nossos corações estão partidos de saudade e dor.
Saudade porque quando ficamos longe de quem amamos, dói mesmo.
Tristeza... Ah, a tristeza é passageira.
Sabemos que, quando Deus permitir, estaremos todos juntos novamente.

Vozinha, você estará para sempre em nós.
Seu exemplo de coragem e vida reta é nossa força.

E se lembrar agora é um conforto, eu me lembro...
Lembro as visitas e os telefonemas.
Lembro os cremes e perfumes.
Aquele cabelinho liso de dar inveja.

Lembro o sorvete e a coca-cola.
Lembro os salgados mais saborosos do mundo.
Lembro o biscoito frito preferido do seu genro, meu pai.

E lembro o arroz doce...
Aquele que a senhora preparou para mim pela última vez, que delícia!

Que delícia ser sua neta!
Obrigada!

4 comentários:

Mônica disse...

Que homenagem linda, Tê!!! Beijo, amiga!!

Luciana disse...

Querida, sinto!!
Faz falta,né? Perdi minha última em 2006. Terrível...

Sobre nós dois... disse...

Que emocionante homenagem amiga! Me lembro dela... Fico imaginando qu ela está num lugar tão lindo qto ela... Bju amiga linda!

Walkiria disse...

Conheci sua avó, quando morei em Jataí,era sua vizinha.Senti muito quando ela desencarnou.Parece que sinto ainda o cheiro dos salgados sendo assados pela manhã.Bons tempos aqueles.